A filha mais velha do Presidente das Filipinas, Rodrigo Duterte, vai concorrer à sucessão do pai nas eleições presidenciais de maio de 2022, anunciou este sábado a Comissão de Eleições.

Segundo a agência de notícias AFP, Sara Duterte, de 43 anos, era apontada como candidata à presidência daquele país tendo aumentado a especulação à volta de uma eventual candidatura depois ter desistido de concorrer a um novo mandado como presidente da câmara de Davao e ter aderido ao partido político do seu aliado e ex-presidente Gloria Arroyo.

A Constituição das Filipinas impede Rodrigo Duterte de concorrer ao cargo por mais seis anos.

Além do impedimento constitucional, o atual presidente filipino é alvo de uma investigação por parte do Tribunal Penal Internacional por ter conduzido uma guerra contra a o tráfico de droga nas Filipinas, que resultou em milhares de mortos.

Até ao momento já assumiram a candidatura nas eleições de maio os filhos do ex-ditador Ferdinand Marcos, o boxeur Manny Pacquiao e o presidente da Câmara de Manila, Francisco Domogoso.

/ CE