Chama-se Sarah McBride e fez história esta terça-feira, tornando-se a primeira senadora transgénero da história dos Estados Unidos.

A democrata, de 30 anos, é uma ativista dos direitos LGBTI e foi eleita pelo estado de Delaware.

Sarah McBride trabalhou na Casa Branca durante a administração de Barack Obama, mas foi em 2016 que ganhou projeção nacional quando se tornou a primeira mulher transgénero a discursar numa Convenção do Partido Democrata - a convenção que, na altura, confirmou Hillary Clinton como candidata à presidência.

A democrata reagiu à sua eleição como senadora, no Twitter, afirmando que espera que esta noite "mostre a uma criança LGBTI que a nossa democracia é suficientemente grande para ele também". 

Antes, numa entrevista à revista People, já tinha sublinhado que não se candidatava para "fazer história" ou "grandes títulos", mas para "representar a comundiade LGBT da melhor maneira possível".

Não me candidato apra fazer história ou títulos. Candidato-me para fazer a diferença nesta comunidade [LGBTI] e representá-la da melhor maneira possível."

Sofia Santana