Ao crescer, Sarah, de 18 anos, conta que nunca imaginou ter um irmão mais velho. No entanto, em 2019, a residente em Horbart, Tansmânia, fez uma descoberta que mudou a sua vida ao encontrar Will. 

Veio a saber que o rapaz, de vinte anos, era o seu irmão gémeo, embora tenham nascido com dois anos de diferença. Os irmãos foram concebidos no mesmo dia, através de fertilização in vitro, e pertenciam ao mesmo lote de embriões.

Porém, em vez de serem implantados na mesma época, Sarah foi “mantida no congelador” por mais 18 meses.

A história de Sarah tornou-se viral no TikTok, e já conta com mais de nove milhões de visualizações.

“A clínica tentou fertilizar todos os óvulos e teve uma taxa de sucesso razoavelmente alta. Os embriões são examinados e os dois mais fortes são usados ​​primeiro. Um desses embriões chegou ao fim e foi quando o meu irmão nasceu. Os outros embriões são congelados para que possam ser implantados no futuro”, explica Sarah ao jornal Daily Mail. 

A adolescente disse ainda que ficou chocada e não conseguiu acreditar que ela e o seu irmão mais velho eram realmente gémeos, quando os pais lhe contaram oficialmente

Ao jornal britânico, Sarah disse: “Embora eu soubesse que os meus pais tinham recorrido a fertilização in vitro para me conceber, eu não fazia ideia de que éramos biologicamente gémeos”.

Redação / HCL