A polícia de Montreal, no Canadá, levou a cabo uma operação para fazer frente àquilo que parece ter sido um sequestro no edifício da empresa de videojogos Ubisoft. As informações não são muito claras, mas, ao que tudo indica, o edifício foi tomado por um grupo de sequestradores e um grupo de colaboradores da empresa refugiou-se e barricou-se no telhado.

De acordo com o jornal Montreal Gazette, não há indicação de feridos e a polícia não confirma a natureza da operação. Confirma apenas que o edifício foi evacuado.

Citado pelo mesmo jornal, um empregado da Ubisoft disse que estava barricado numa sala com colegas e que a polícia estava a passar o edifício em revista. “Disseram-nos que havia uma situação de sequestro e para nos mantermos onde estávamos. Decidimos vir para uma sala de reuniões e barricar-nos aqui”, disse o colaborador em conversa telefónica.

Durante a tarde, a polícia entrou no edifício e escoltou várias pessoas até à rua.

A rua de St. Laurent, onde se situa o prédio da Ubisoft, e as ruas adjacentes foram cortadas pelas autoridades, criando um perímetro de segurança.

O jornalista canadiano Les Perreaux escreveu no Twitter que a polícia varreu a pente fino o edifício, mas ainda não encontrou qualquer ameaça. 

A polícia também usou o Twitter para adiantar que tem uma operação em curso no edifício, mas sem ter detetado, até ao momento qualquer ameaça: 

Há imagens a circular no Twitter de colaboradores da Ubisof no telhado do edifício. Ter-se-ão barricado ali, usando mobília para trancar a porta.

A Ubisoft, que tem sede em Paris, tem cerca de 4 mil colaboradores nos escritórios de Montreal. Por causa da pandemia, uma grande parte está em teletrabalho e não se encontra nas instalações.

Manuela Micael