A filha do espião russo Segei Skripal, envenenada com o pai na cidade inglesa de Salisbúria (Salisbury), está a melhorar no hospital local, onde ambos estão internados desde o dia 4 de março.

De acordo com o Hospital, Yulia Skripal já não está em estado crítico e está a melhorar rapidamente.

Fico contente por poder anunciar uma melhoria no estado de saúde de Yulia Skripal. Está a responder bem aos tratamentos, mas continua a a receber cuidados médicos especializados, 24 horas por dia", refere a diretora clínica Christine Blanshard, do Hospital distrital de Salisbúria.

Já o pai, Sergei Skripal, segundo adianta a agência noticiosa Reuters, continua em "estado crítico mas estável".

Yulia e o pai foram encontrados caídos num banco numa superfície comercial da cidade a 4 de março. As suspeitas de que teriam sido envenenados com um agente tóxico levou a uma acusação das autoridades britânicas à Rússia e a uma recente expulsão de diplomatas russos, por parte de vários países ocidentais.