"Os diagnósticos de VIH entre homens que têm sexo com outros homens cresceu a um ritmo alarmante, de 30% em 2005 para 42% em 2014, com subidas em toda a UE e no Espaço Económico Europeu exceto seis países".