Depois de três anos como refugiado, Essam Hadhad decidiu estabelecer-se com a família no Canadá e recuperar a vida e o trabalho. Na Síria, era mestre chocolateiro. Agora, fugido da guerra, voltou a trabalhar, adoçando a vida dos outros.

No Canadá desde 2016, Essam fabrica chocolates na empresa que construiu de raíz e vende aos seus clientes, fazendo as delícias de todos.

Assim que voltei ao trabalho, comecei a sentir-me muito melhor e a minha vida voltou ao normal", contou à BBC.

Neste momento, a empresa de chocolates de Essam já se encontra no Facebook, Twitter, Instagram, e tem um site onde os clientes podem também fazer as encomendas.