As probabilidades de sobrevivência eram nulas, mas Richard superou todas as expetativas e completou o seu primeiro aniversário. Richard Scott William Hutchinson, o bebé mais prematuro do mundo a conseguir sobreviver, acaba de completar 1 ano de idade. 

A criança nasceu no hospital Children's Minnesota, nos Estados Unidos, com apenas com 21 semanas e 340 gramas.

Na altura, por ter tão pouco tempo de vida e pesar menos de meio quilo, os médicos chegaram a preparar os pais da criança para o pior cenário. Stacy Kern, neonatologista do hospital Children's Minnesota, explicou que as duas primeiras semanas de vida foram cruciais para a sobrevivência do bebé.

"Eu sabia que as primeiras semanas de vida de Richard seriam muito difíceis, mas senti que seria um sobrevivente", confessa Stacy.

Richard tornou-se, assim, no bebé mais prematuro do mundo a conseguir sobreviver, o que foi distinguido pelo livro do Guinness. 

O menino nasceu prematuro devido a um problema de saúde da mãe. Em dezembro de 2020, depois de passar mais de seis meses no hospital, Richard teve finalmente alta.

Os pais do bebé querem agora partilhar com o mundo esta história de sobrevivência e dar esperança aos pais que estejam a passar pelo mesmo.

Redação / IC