Um diamante rosa extremamente raro foi extraído de uma mina na Rússia e foi vendido, na quarta-feira, por 26,6 milhões de dólares (22,5 milhões de euros à taxa atual), informou a leiloeira Sotheby’s, que descreveu a pedra como “uma verdadeira maravilha da natureza”.

A Sotheby’s tinha estimado que o diamante – “O espírito da rosa”, em homenagem a um espetáculo de ballet – seria vendido por um valor entre os 23 milhões (19 milhões de euros) e os 38 milhões de dólares (32 milhões de euros) no leilão em Genebra.

As apostas começaram em cerca de 17,4 milhões de dólares (cerca de 15 milhões de euros) e aumentaram até o preço final de 22,9 milhões de dólares (19,4 milhões de euros), mais comissão. A pedra foi comprada por um apostador que estava ao telefone e preferiu permanecer no anonimato, segundo a casa de leilões.

O especialista em joias Benoit Repellin, que moderou a venda, disse que esta compra estabeleceu um recorde para um diamante classificado como rosa-roxo vívido vendido num leilão.

A pedra de 14,83 quilates é, até agora, a maior com essa graduação de cor a ser leiloado.

Highly touted "Spirit of the Rose" diamond sells for $26.6 million at Sotheby's Geneva. See it and get the full story on our blog... https://t.co/DxbD54Nuuh pic.twitter.com/4Gzur25RMU

— RossElliottJewelers (@REJewelers) November 12, 2020 p>


 

Lara Ferin