Oito jogos oficiais sem perder, subida ao sétimo lugar na Serie A, tarde muito positiva em Ferrara. De repente, o sol volta a brilhar sobre o AC Milan e Gennaro Gattuso começa a conduzir o histórico emblema a lugares mais condizentes com a sua história. 

Na casa do SPAL, o 0-4 final reflete a superioridade do Milan, muito por responsabilidade do jovem Patrick Cutrone, autor dos dois primeiros golos. E já leva 12 golos esta temporada. 

É verdade que a Società Polisportiva Ars et Labor (SPAL) ainda atirou uma bola ao poste esquerdo da baliza de Donnarumma, mas o Milan pareceu mais confortável do que nunca e acabou por dilatar a diferença.

Lucas Biglia e Fabio Borini marcaram nos últimos 20 minutos, para sossego de Gattuso. O treinador colocaria ainda em campo André Silva, para mais 13 minutos sem golos. 

O internacional português chega a Fevereiro sem marcar na Serie A, em 15 presenças. 

FICHA DE JOGO DO SPAL-AC MILAN: 0-4