Os reguladores aéreos indianos estão a investigar um vídeo, que se tornou viral nas redes sociais, que alegadamente mostra um casamento durante um voo. A família e amigos dos noivos também podem ser vistos na cerimónia.

No vídeo, convidados e fotógrafos surgem aglomerados juntos ao casal. A maioria apresenta-se sem qualquer tipo de proteção respiratória individual, numa altura em que a Índia continua a registar números pandémicos preocupantes.

O país está a passar pela segunda onda da pandemia de covid-19. No estado de Tamil Nadu, de onde o avião com o casamento descolou, templos e cerimónias religiosas estão proibidos e casamentos e outros eventos sociais têm um limite de 50 pessoas.

A Direção-geral de Aviação Civil afirma que a companhia aérea SpiceJet foi instruída para apresentar queixa contra qualquer pessoa que tenha violado as diretrizes de segurança.

Vamos conduzir um inquérito detalhado e, dependente do resultado, serão tomadas medidas futuras”, explica um membro da direção-geral da aviação civil indiana.

A transportadora aérea SpiceJet já se pronunciou e explica que a aeronave foi fretada por uma agência de viagens sediada em Madurai, no dia 23 de maio, com a justificação que seria utilizada apenas para efetuar um voo após um casamento. A companhia acrescenta ainda que vai tentar punir judicialmente todos os que tenham infringido as regras de segurança inerentes à pandemia de covid-19.

De acordo com a SpiceJet, todos os passageiros do avião, em que se realizou o casamento, foram instruídos para o cumprimento do distanciamento social, restrições pandémicas e para as normas de segurança da autoridade da aviação civil indiana.

Apesar dos repetidos pedidos e avisos, os passageiros optaram por continuar a desrespeitar as restrições covid e a companhia aérea vai tomar todas as medidas adequadas de acordo com o protocolo”, diz porta-voz da SpiceJet.

Nas redes sociais, foi ainda partilhada a rota aérea da aeronave. O avião, alegadamente, fez vários círculos no lar sem sair da mesma região.

Nuno Mandeiro