O diplomata britânico Steven Dick morreu esta terça-feira infetado com Covid-19, confirmou a secretaria de estado dos Negócios Estrangeiros do Reino Unido.

O homem era o chefe da missão britânica na embaixada de Budapeste, capital da Hungria.

O secretário de estado para os Assuntos Externos do Reino Unido, Dominic Rab, lamentou a morte do diplomata: "Estou verdadeiramente triste com a notícia da morte do Steven e o meu coração está com os seus pais Steven e Carol", afirmou, em declarações reproduzidas pela BBC.

O Steven era um diplomata dedicado e representou o país com grande competência e paixão. Todos os que o conheciam e que trabalharam com ele vão sentir a sua falta", acrescentou.

Steven Dick trabalhava para os Negócios Estrangeiros desde 2008, e também exerceu funções nas embaixadas de Riade e Cabul.

O novo coronavírus já fez 465 mortos no Reino Unido, onde existem quase 10 mil casos confirmados.

/ AG