Dezenas de agentes franceses desmantelaram esta terça-feira um acampamento no centro de Paris, onde viviam há meses mais de 350 imigrantes oriundos do Sudão, Eritreia, Somália e Egito.

Mais de 350 refugiados - a maioria do Sudão - viviam num acampamento improvisado debaixo de uma passagem aérea entre as estações de metro de La Chapelle e Barbes-Rochechouart, no norte da capital francesa, em péssimas condições de higiene.