Pelo menos quatro alpinistas morreram e cinco estão em condições críticas, depois de o mau tempo os ter impedido de aceder a um abrigo e terem sido obrigados a passar a noite ao relento. o grupo terá ficado preso por uma forte tempestade de neve e ventos extremos. A informação foi confirmada pela polícia suiça.

O incidente aconteceu em Pigne d'Arolla, nos Alpes suiços. 

De acordo com um comunicado da polícia suiça emitido esta segunda-feira, as equipas de resgate encontraram um total de 14 pessoas, algumas em hipotermia. Dos quatro mortos, um terá morrido na sequência de uma queda. Os outros ainda foram conduzidos ao hospital, mas acabaram por morrer, na sequência da condição de hipotermia extrema. 

Sete helicópteros foram enviados ao local para resgatar o grupo, esta segunda-feira pela manhã. O grupo era constituído por franceses, alemães e italianos.