Um tigre da Sibéria atacou e matou uma tratadora, perante uma plateia de visitantes aterrorizados, no jardim zoológico de Zurique. Colegas da tratadora ainda conseguiram atrair o animal para fora da jaula, mas a mulher de 56 anos acabaria por morrer no local.

O alarme foi dado pelos próprios visitantes pelas 13:20 de sábado. Uma equipa de emergência do zoológico foi destacada imediatamente, mas não chegou a tempo de conseguir reanimar a vítima.

Infelizmente a ajuda chegou tarde demais”, afirmou Judith Hoedl, porta-voz da polícia de Zurique.

O tigre nasceu num jardim zoológico da Dinamarca e foi transferido para Zurique no ano passado.

Em declarações à Associated Press, Sverin Dressen, diretor do jardim zoológico, relevou que uma investigação está em curso para perceber as circunstâncias que envolveram o incidente.

Os nossos pensamentos estão com os familiares da vítima”, sublinhou Dressen.

Aterrorizados com o que presenciaram, todos os visitantes que testemunharam o ataque estão a ter apoio psicológico.

Apesar de ser relativamente raro, esta não foi a primeira vez que um animal atacou um tratador no jardim zoológico de Zurique. Em dezembro de 2019, um crocodilo mordeu a mão de um tratador durante uma operação de limpeza. O animal acabou por ser abatido.