As pessoas que começam a fumar na adolescência têm maior probabilidade de fumar diariamente quando adultos e consideram muito mais difícil parar de fumar.

As conclusões são de um estudo da Universidade do Minnesota, nos Estados Unidos, que aponta que o consumo de cigarros, mesmo experimentalmente, deve ser fortemente desencorajado em adolescentes, uma vez que potencia o vício na idade adulta.

O tabagismo é um risco evitável para a saúde e as suas sementes estão na infância", disse David Jacobs Jr., autor principal do estudo à CNN.

O estudo foi publicado no Journal of American Heart Association esta quarta-feira e analisou dados de mais de 6.600 pessoas, sendo que 57% das quais eram mulheres dos Estados Unidos, Austrália e Finlândia.

Os participantes do estudo tinham idades compreendidas entre os 20 e 40 anos e contaram as experiências de fumar entre os 6 e os 19 anos.

Com base na experiência dos inquiridos, o estudo admite que quanto mais jovens as pessoas eram quando começaram a fumar, maior a probabilidade de fumar diariamente na casa dos 20 anos e menos provável de parar de fumar aos 40 anos.

  • Para aqueles que tentaram fumar entre 18 e 19 anos, apenas 8% ainda fumavam diariamente na casa dos 20 anos.
  • Para aqueles que tentaram fumar entre 15 e 17 anos, 33% ainda fumavam diariamente na casa dos 20 anos.
  • Para aqueles que tentaram fumar entre 13 e 14 anos, 48% ainda fumavam diariamente na casa dos 20 anos.
  • Para aqueles que tentaram fumar de 6 a 12 anos, 50% ainda fumavam diariamente na casa dos 20 anos.

Também os adolescentes que experimentaram fumar apenas alguns cigarros, eram mais propensas a acabar por fumar diariamente em idade adulta.

O estudo concluiu ainda que não é claro a razão pela qual os fumadores com histórico de tabagismo mais precoce têm mais problemas para parar de fumar. No entanto, sugere que poderá ser devido à exposição precoce à nicotina.  

Foi sugerido que o vício na nicotina é mais forte quando ocorre mais cedo", pode ler-se no estudo, embora não tenha sido identificado nenhum ponto de corte etário

De acordo com dados dos países desenvolvidos, cerca de 270 milhões de pessoas fumam diariamente, sendo que o tabagismo é responsável por seis milhões de mortes por ano entre adultos acima dos 30 anos.