Pelo menos seis reclusos morreram e nove ficaram feridos na sequência de um motim na terça-feira numa prisão em Villahermosa, no sudeste do México, informaram as autoridades do estado de Tabasco.

O motim começou às 17:00 de terça-feira, hora local (22:00 em Lisboa), no pátio central do Centro de Reinserção Social de Tabasco, situado na cidade de Villahermosa, informou a Secretaria de Segurança e Proteção do Cidadão (SSPC) daquele estado.

Agentes da Guarda Nacional e da polícia de choque da SSPC de Tabasco isolaram a área, tendo a situação sido declarada sob controlo duas horas depois.

Ao local acorreram seis ambulâncias, tendo transportado os feridos para o Hospital Gustavo A. Rovirosa, em Villahermosa.

Segundo a agência de notícias Efe, dezenas de familiares dos reclusos dirigiram-se à prisão, exigindo informações às autoridades.

O motim está a ser investigada pela Procuradoria-Geral do Estado, em colaboração com a SSPC.

Agência Lusa / RL