A organização francesa One Voice, de defesa dos direitos dos animais, divulgou várias imagens de uma escola de toureio em França, suspeita de maltratar touros.

Nas imagens é possível ver os touros a colapsar perante os alunos. Depois de caírem exaustos, um é levantado, o outro é morto a sangue frio.

Num dos vídeos várias pessoas juntam-se em volta do touro, pegando-o pelos cornos, obrigando-o a levantar-se para continuar o treino.

Noutro vídeo, um vitelo com várias farpas espetadas acaba por também ceder. Um homem espeta-lhe uma faca no meio da cabeça, matando o animal.

A One Voice afirma que a situação é má, não só para os animais, mas também para as várias crianças que frequentam estas escolas.

Ao mesmo tempo que aprendem a ler e a escrever aprendem que torturar um animal vivo é aceitável e expectável."

Depois de obter as imagens, a One Voice inquiriu os pais dos alunos daquela escola francesa acerca das suas práticas. Alguns admitiram que compravam vitelos para os filhos treinarem, mas uma mãe acabou por admitir que o seu filho ficou sem tourear durante um ano depois de ter matado o seu primeiro animal.

A organização alega, ainda, que, mesmo que não queiram, as crianças são obrigadas a prosseguir o treino.