Esta quarta-feira milhares de pessoas nos Estados Unidos ficaram surpreendidas ao verem que tinham recebido no telemóvel mensagens do dia dos namorados, oito meses depois.

As mensagens foram enviadas no dia 14 de fevereiro deste ano, mas chegaram com o carimbo de data e hora de quarta-feira.

O problema ocorreu em todas as principais operadoras dos EUA e afetou os dispositivos Apple e Android.

A Syniverse, que presta serviços para as principais empresas de telecomunicações, atribuiu o erro a um "ciclo de manutenção interno".

Milhares de clientes da empresa recorreram ao Twitter para expressar as suas frustrações com a confusão gerada pelas mensagens.

Às 3:40 da manhã, recebi uma mensagem da minha esposa que ela nunca tinha enviado. Trabalho com software que envia SMSs automáticos e recebi muitas queixas de clientes sobre mensagens inesperadas”, diz um dos afetados pelo erro da empresa de telecomunicações.

  

Outro utilizador do Twitter teve um momento constrangedor ao reparar que às 2:30 da manhã de quarta-feira tinha acabado de enviar uma mensagem à sua ex-namorada: “ela fez um vídeo nosso muito querido no dia de São Valentim. Ela pensou que eu não tinha respondido, o que levou, entre muitas outras coisas, a umas férias estragadas”.

  

Barbara Coll, que mora na Califórnia, disse ao Washington Post que recebeu uma mensagem antiga da irmã a dizer que a mãe doente estava otimista e a sentir-se melhor. 

Barbara sabia que a mensagem foi enviada antes da morte da mãe em junho, mas disse que ainda era chocante recebê-la.

Não parei de pensar nessa mensagem desde que a recebi", disse Barbara. "Estou a olhar para o oceano agora porque precisava de uma pausa."  

No seu site oficial, a Syniverse pediu desculpa aos 168.149 clientes que foram afetados pelo erro, garantindo-lhes que o problema já foi resolvido.

Embora o problema tenha sido resolvido, estamos a rever os nossos procedimentos internos para garantir que isto não ocorre novamente", disse William Hurley, porta-voz da empresa.