Os Estados Unidos disseram na quarta-feira não ter "nenhuma intenção hostil" em relação à Coreia do Norte e renovaram o apelo ao diálogo após o líder norte-coreano ter apelidado de fachada as propostas dos EUA para conversações.

A nossa política é prosseguir uma abordagem gradual e prática da diplomacia séria e sustentada com a Coreia do Norte", disse um porta-voz do Departamento de Estado norte-americano.

"Os Estados Unidos estão preparados para se encontrarem com funcionários norte-coreanos sem condições prévias. Esperamos que a Coreia do Norte responda positivamente à nossa oferta", acrescentou.

As declarações vêm depois de Kim Jong-un descrever a reiterada oferta de diálogo dos EUA como "uma fachada para cobrir as suas ações enganosas e hostis, e uma continuação da política hostil das administrações anteriores".

As conversações entre Washington e Pyongyang têm estado paradas desde uma cimeira fracassada em Hanói em 2019 entre Kim Jong-un e o então Presidente dos EUA, Donald Trump.

Agência Lusa / AG