deverão responder em tribunal por crimes de guerracondenação à morte

classificam os Estados Unidos de «criminosos de guerra de primeira classe»