Pelo menos 14 pessoas morreram na quarta-feira à noite num incêndio que deflagrou na sequência de uma explosão numa unidade de tratamento da covid-19 no noroeste da Macedónia, disseram as autoridades.

Ocorreu uma enorme tragédia no centro covid-19 em Tetovo", disse o primeiro-ministro da Macedónia do Norte, Zoran Zaev, que visitou imediatamente a pequena cidade do noroeste do pequeno país dos Balcãs.

"Uma explosão provocou um incêndio. O incêndio foi extinto, mas perderam-se muitas vidas", lamentou Zaev, numa mensagem divulgada na rede social Facebook.

Por seu lado, o ministro da Saúde, Venko Filipce, indicou, também no Twitter, que o número de vítimas mortais "pode aumentar".

O incêndio ocorreu na unidade de tratamento da covid-19 no hospital de Tetovo, quando a antiga república jugoslava celebrava o 30.º aniversário da independência, com várias festividades em Skopje, incluindo um desfile militar e policial e um concerto da orquestra filarmónica do país.

A explosão ocorreu por razões ainda por determinar, estando a investigação a ser conduzida por cinco magistrados do Ministério Público, que foram ao local para tentarem determinar as causas da tragédia.

/ AG