Há mais uma polémica sobre a conduta da polícia nos Estados Unidos. No Texas, uma mulher negra de 28 anos foi morta a tiro em casa quando estava com o sobrinho de 8 anos. O agente que disparou foi detido.

A policia de Fort Worth, no Texas, respondeu a um telefonema de um vizinho que dizia haver um portão aberto que podia significar um assalto.

Os agentes da polícia, que se deslocaram ao local com uma câmara no equipamento, nunca se identificaram, foram entrando e gritaram “mãos no ar”.

De imediato, dispararam, no mesmo momento em que desligaram a câmara. Atitiana Jefferson, 28 anos, morreu de imediato

Foi a criança, que estavam em casa com a tia, que explicou à família como tinha morrido a mulher.

O departamento da polícia da cidade já anunciou que o agente, Aron Dean, foi demitido, preso e acusado de homicídio.