Uma família inteira do Bangladesh foi encontrada sem vida no interior da sua casa em Allen, no Texas. As autoridades suspeitam que o crime foi cometido por dois irmãos gémeos, de 19 anos, que teriam feito um pacto de suicídio depois de assassinarem a tiro a irmã, os pais e a avó.

Ao que parece os dois irmãos chegaram a um acordo para se suicidarem e acabaram por levar toda a família", explicou o agente e porta-voz da polícia, Jon Felty, citado pelo The Dallas Morning.

As vítimas foram identificadas como Altafun Nessa, de 77 anos, Iren Islam, de 56, Towhidul Islam, de 54, Tanvir Towhid, de 21 e ainda Farbin Towhid y Farhan Towhid, os gémeos, ambos de 19 anos e suspeitos do crime.

A pista mais sólida por detrás desta hipótese foi uma carta encontrada por um dos agentes nas redes sociais de Farhan Towhid, onde supostamente fez referência ao crime que iria cometer.

A polícia acredita que a morte da família ocorreu no passado sábado e confirmou que um dos irmãos tinha comprado recentemente uma arma pela internet.

"Olá a todos. Eu matei-me e matei também a minha família”, lê-se numa publicação que foi deixada por um dos suspeitos, num texto no qual se gabava ainda de como tinha sido fácil comprar armas pela internet.

A família era descrita pelos vizinhos como "calma" e "muito simpática". O crime está a chocar o Texas.

 

Lara Ferin