Um atirador entrou esta terça-feira na catedral de Campinas, no sudoeste do Brasil, a 100 quilómetros de S. Paulo, e disparou contra as pessoas que rezavam, fazendo quatro mortos.

Segundo informação da página G1, da Rede Globo, o indivíduo que disparou na Catedral Metropolitana de Campinas terá posteriormente cometido suicídio.

As equipas de socorro, segundo o G1, chegaram ao local cerca das 13h20 (15h20 em Lisboa).

Três pessoas terão ficado feridas, segundo vários meios de comunicação, sendo encaminhadas para hospitas da cidade de Campinas.

Já a arquidiocese de Campinas regista a existência de quatro pessoas feridas, devido ao tiroteio.

Segundo os meios de comunicação brasileiros, as vítimas mortais não foram ainda identificadas, sendo que a polícia investiga quais terão sido os motivos dos crimes.