Um terramoto de magnitude 5,5 na escala de Richter atingiu, esta segunda-feira, Tóquio e as regiões vizinhas, sem que as autoridades japonesas tivessem declarado risco de tsunami ou registado danos significativos.

O terramoto ocorreu às 09:11 (01:11, em Lisboa) com epicentro localizado na costa de Chiba, uma prefeitura a oeste da capital nipónica, a cerca de 60 quilómetros de profundidade, de acordo com a Agência Meteorológica do Japão.

Em Chiba, Tóquio e Kanagawa (a sul da capital), o terramoto foi sentido com força e atingiu o nível 4 na escala japonesa, num máximo de sete.

O sismo ocorreu após outro terramoto de magnitude 6,8 na escala de Ritcher que sacudiu o nordeste do Japão na terça-feira e que motivou um tsunami, após um amplo alerta costeiro, causando mais e 20 de feridos.

O Japão fica situado no chamado 'anel de fogo', uma das zonas sísmicas mais ativas do mundo, e sofre terramotos com relativa frequência, pelo que as infraestruturas são especialmente projetadas para suportar os tremores.