A covid-19 afetou várias áreas da economia, mas quase nenhuma foi tão severamente afetada como o setor do turismo. Agora, para contrariar a tendência, as empresas hoteleiras estão a recorrer à criatividade para conseguir voltar a atrair turistas, numa altura em que o crescente número de casos ativos volta a preocupar as autoridades.

É esse o caso do Baha Mar, um resort de luxo nas Bahamas, que espera conseguir atrair novos clientes com uma oferta “peculiar”. A unidade hoteleira está a oferecer uma estada gratuita de 14 dias numa suite a quem testar positivo para covid-19. Mas a proposta não fica por aqui.

Ao chegar ao hotel, os clientes são obrigados a fazer um teste rápido para covid-19, que, caso regresse positivo, presenteará o cliente com a escolha entre os 14 dias de quarentena numa suite com um crédito diário para refeições no valor de 150 dólares (aproximadamente 130 euros) ou um voo de regresso a casa num jato privado.

Este programa dá-nos a esperança de que os nossos hóspedes se sintam confiantes em reservar as suas estadias connosco”, pode ler-se no programa ‘Viaje com Confiança’ no site do resort. “Queremos também que o cliente se sinta valorizado e apoiado pela família Baha Mar caso apareça algum problema durante a sua viagem”.

Os Estados Unidos da América são o país mais afetado pela pandemia de covid-19, ultrapassando em larga escala o número de óbitos de todos os outros países. Por esse motivo, as opções de viagem dos norte-americanos estão restringidas e as ilhas do caribe têm sido uma das opções preferidas dos turistas.

O nosso programa é o primeiro do género na indústria, oferencendo aos clientes a paz de espírito e a opção de voltar a casa ou fazer quarentena, sem qualquer custo adicional”, reforça a unidade hoteleira.