Um tailandês, de 24 anos, foi condenado à morte pela violação e homicídio de uma turista alemã em abril.

O crime ocorreu na ilha de Koh Sichang, onde a mulher, de 27 anos, se encontrava de férias.

A sentença foi proferida nesta quarta-feira por um tribunal da Tailândia.

Ronnakorn Romruen, cantoneiro de profissão, foi detido horas depois de o corpo da turista alemã ter sido encontrado debaixo de folhas e pedras.

A mulher foi agredida, repetidamente, com uma pedra na cabeça e no rosto, depois de tentar fugir. Acabou por não resistir à gravidade dos ferimentos.

O homicida assumiu, então, que estava sob o efeito de drogas, no caso metanfetaminas. Em tribunal, o homem declarou-se culpado de todas as acusações.

No ano passado, a Tailândia levou a cabo a sua primeira execução desde 2009.