Um bebé de um mês foi vacinado por engano com a vacina contra covid-19 da Pfizer-BioNTech, no mês de julho, na Turquia. De acordo com os médicos do hospital, a criança está bem de saúde e não teve qualquer reação adversa à vacina, mas continua a ser monitorizado de perto pela equipa médica que o acompanha. 

O erro aconteceu após os pais da criança o terem levado a uma clínica, na província de Izmir, para levar a vacina contra a hepatite B, no entanto, o bebé acabou por receber uma vacina contra a covid-19, avança o jornal norte-americano The New York Times

O erro está a chocar a comunidade médica turca, porque o sistema de vacinação é monitorizado por computador, com todas as vacinas a serem associadas ao nome de um utente através de um código de barras. 

Os médicos aperceberam-se do erro poucas horas depois de administrar a vacina e começaram imediatamente a monitorizar a saúde do bebé de perto.

Nós monitorizámos este bebé durante vários dias, só para o caso de alguma coisa acontecer” afirmou o médico e professor Zafer Kurugol, em declarações à rádio NTV.

A Turquia já administrou mais de 107 milhões de doses de vacina contra a covid-19, tendo mais de 64% da população vacinada, de acordo com a Our World in Data.