O Irão pediu ajuda a Ancara para restabelecer relações com os Estados Unidos, após 30 anos de relações conflituosas, declarou o primeiro-ministro turco Recep Tayyip Erdogan numa entrevista ao diário britânico Guardian, publicada esta terça-feira, refere a Lusa.

O primeiro-ministro turco indicou que os responsáveis iranianos fizeram esse pedido enquanto o presidente George W. Bush ainda era presidente dos Estados Unidos.

Na altura, Erdogan transmitiu a mensagem dos iranianos à Casa Branca.

«O Irão deseja realmente que a Turquia desempenhe tal papel. Se os Estados Unidos também o quiserem e nos pedirem para desempenhar esse papel, estamos prontos para fazê-lo», declarou Erdogan, numa entrevista concedida no seu avião ministerial, enquanto viajou para Mardin, no sudeste da Turquia, para uma eleição local.

«(O Irão) disse que se acontecesse algo do género (uma oportunidade de aproximação), desejava que a Turquia desempenhasse um papel», indicou.

Em Novembro de 2008, Erdogan indicou que o seu país podia desempenhar um papel positivo enquanto mediador nas negociações bloqueadas com o Irão na sequência do seu programa nuclear.

O primeiro-ministro turco não indicou, no entanto, se recebeu uma resposta da administração norte-americana relativamente a esta oferta.