Três soldados que faziam parte da ofensiva militar turca no norte da Síria morreram, esta quinta-feira, num ataque do grupo extremista Estado Islâmico (EI), avança o jornal Hürriyet.

Segundo o diário, que cita fontes militares, o ataque fez ainda sete feridos.

Trata-se do maior número de baixas num só ataque contra o exército turco desde o início da operação no norte da Síria há três meses.

Desde 24 de agosto que forças especiais turcas, apoiadas por carros de combate, estão mobilizadas no norte da Síria, a apoiar combatentes sírios que se opõem ao regime do Presidente Bashar al-Assad, numa grande operação para escorraçar os `jihadistas` do Estado Islâmico de toda a região fronteiriça.

A operação "Escudo do Eufrates" tem também como objetivo travar o avanço da milícia curda síria Unidades de Proteção do Povo curdo (YPG).