A Uber Techonologies vai lançar um novo serviço, uma espécie de táxi aéreo, chamado Uber Copter e que vai ser posto à prova em Nova Iorque, nos Estados Unidos. 

Segundo o The New York Times (NYT), que avançou com a notícia, os passageiros vão utilizar aplicação da Uber já existente, mas em vez de pedirem uma viagem de carro, pedem uma viagem de helicóptero. Os voos vão partir de um heliporto em Manhattan com destino ao Aeroporto Internacional John F. Keneddy e vão ter a duração de oito minutos. 

Este serviço vai ficar disponível a partir do dia 9 de julho e o custo médio da viagem andará à volta dos 170 e os 200 euros por pessoa. No entanto, numa fase inicial, o serviço só vai estar disponível para clientes "Platina" e "Diamante", os dois primeiros níveis do programa de fidelidade da empresa.

As viagens podem ser reservadas com cinco dias de antecedência, de segunda a sexta-feira, e a capacidade dos helicópteros é de cinco passageiros e dois tripulantes.

Eric Allison, chefe desta secção - Uber Elevate -, em declarações ao NYT, disse que a empresa está ambiciosa e pretende chegar a mais cliente e implementar o serviço em mais cidades.