O presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, anunciou hoje que os 27 e o Reino Unido acordaram os termos da declaração política da futura parceria entre a União Europeia (UE) e Londres após o Brexit.

Acabei de endereçar aos 27 um rascunho da declaração política da futura relação entre a União Europeia e o Reino Unido. O presidente da Comissão Europeia [Jean-Claude Juncker] informou-me que foi alcançado um acordo de princípio a nível político entre os negociadores, que será sujeito ao aval dos líderes”, escreveu Donald Tusk na sua conta na rede social Twitter.

A primeira-ministra britânica alertou ontem o parlamento que um voto contra o acordo negociado com a União Europeia (UE) para a saída do Reino Unido resultará em "mais incerteza e discórdia" e porá em risco o Brexit.

"Se olharmos para a alternativa a este acordo com a UE, será ou mais incerteza, mais discórdia, ou existe o risco de não haver qualquer ‘Brexit’", afirmou Theresa May na sessão semanal de perguntas dos deputados.

O líder da oposição, o trabalhista Jeremy Corbyn, questionou a possibilidade de ainda serem feitos ajustes ao texto esta semana, antes do Conselho Europeu de domingo, mas May afirmou que o que está a ser negociado é a declaração sobre a relação futura.