A presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, profere esta quarta-feira, no Parlamento Europeu (PE), a partir das 08:00, o discurso do Estado da União Europeia (UE) e as prioridades para 2022.

Com a pandemia da covid-19 a dominar ainda a agenda, o segundo discurso anual sobre o Estado da UE de Von der Leyen deverá abordar a recuperação económica da UE, apoiada nas transferências de fundos de recuperação para os Estados-membros, no âmbito do instrumento temporário ‘NextGenerationEU’ para combater as consequências económicas da pandemia.

A questão dos refugiados, que se cruza com a da política externa europeia, também será central na intervenção da presidente da Comissão, bem como a transição digital e verde, com o pacote de medidas climáticas em pano de fundo.

O primeiro discurso do Estado da União foi proferido pelo então presidente da Comissão José Manuel Durão Barroso em 7 de setembro de 2010, uma prática que foi seguida pelo seu sucessor, Jean-Claude Juncker, e pela atual chefe do executivo comunitário.

Ursula von der Leyen, que tomou posse em 1 de dezembro de 2019, fez a sua primeira intervenção a 16 de setembro de 2020.

/ CM