Um bebé, com apenas 12 dias, morreu após ter sido arrancado dos braços da mãe por um macaco no estado indiano de Uttar Pradesh, esta segunda-feira. A mãe da criança estava a amamentar na rua quando o animal atacou o bebé e levou-o para o telhado de uma casa.

De acordo com as autoridades, os vizinhos ainda tentaram ajudar a mulher depois de a ouvirem gritar por socorro, mas sem sucesso.

Atiraram pedras ao macaco para forçá-lo a largar o bebé, mas no momento em que o animal o abandonou já o tinha atacado gravemente na face”, explicou Abhishek, superintendente e assistente da polícia de Agra, à CNN.

O corpo da criança foi recuperado do terraço de uma habitação, ao lado da casa da família, com ferimentos graves que indicavam ter sido mordido na cara e no pescoço e arranhado no tronco.

A mãe chegou a levar a criança ao hospital, mas o óbito foi decretado na unidade hospitalar.

Os ataques por macacos são comuns na Índia, especialmente em Nova Deli. De acordo com o governo local, só na capital foram registados 268 casos de ataques de macacos em 2016.

Este ano, o governo indiano aprovou um projeto piloto para tentar controlar a reprodução de animais selvagens através da imunocontracepção.