Pelo menos 13 pessoas morreram este domingo quando o miniautocarro em que viajavam caiu de um penhasco numa área montanhosa do estado de Uttarakhand, no norte da Índia.

Recebemos informações de que o veículo se despenhou numa ravina. Confirmámos 13 mortes e resgatámos duas pessoas, as equipes de resgate ainda estão na área”, avançou Rajesh Kumar, juiz distrital de Dehradun, onde o acidente ocorreu, numa conferência de imprensa.

Segundo acrescentou, as autoridades vão indemnizar as famílias das vítimas.

“Quero expressar a minha tristeza pelo acidente de trânsito ocorrido na estrada entre Bulhad e Baila. Que Deus dê paz às almas dos falecidos e força às suas famílias. A administração distrital recebeu ordens para agilizar os trabalhos de resgate e para assegurar cuidados médicos imediatos”, disse o chefe de governo de Uttarakhand, Pushkar Singh Dhami, numa publicação na rede social Twitter.

Os acidentes de trânsito na Índia são frequentes devido ao mau estado das estradas, às condições precárias de alguns veículos e à falta de respeito pelas regras de trânsito.

Num dos piores grandes acidentes deste tipo, ocorrido em fevereiro passado, 51 pessoas morreram depois de um autocarro ter caído num canal de água no Estado de Madhya Pradesh, no centro do país.

Em 2019, morreram na Índica 151.113 pessoas e mais de 451 mil ficaram feridas em cerca de 449 mil acidentes rodoviários, de acordo com os últimos dados do Ministério de Transporte Rodoviário.

/ AG