Foi descoberto que há cerca de 90 milhões de anos um dinossauro com "dentes de tubarão" andou pela região onde hoje é o Uzbequistão, na Ásia Central.

Esta revelação foi publicada, na quarta-feira, na revista científica Royal Society Open Science.

Chamado de Ulughbegsaurus uzbekistanensis, em homenagem ao matemático e astrónomo Ulugh Beg, esta espécie tinha pelo menos sete metros de comprimento e pesava mais de mil kg.

O animal pertencente à família de dinossauros carcarodontossauros destacava-se pelos dentes semelhantes aos de um tubarão.

Há mais de 90 milhões de anos, os predadores de ápice dos ecossistemas asiáticos e norte-americanos eram frequentemente grandes espécies de carcarodontossauros conhecidos como dinossauros dentes de tubarão, que mais tarde foram substituídos por grandes espécies de tiranossauros, semelhantes ao T-Rex", explicou Darla Zelenitsky, professora associada de paleobiologia na Universidade de Calgary, no Canadá, citada pela CNN.

O fóssil foi descoberto em 1980, mas apenas com novas análises se concluiu que esta era uma nova espécie de dinossauro.

Os carcarodontossauros e os tiranossauros eram bastante semelhantes, mas os primeiros eram geralmente mais delgados e mais leves.

Ambos os grupos de dinossauros eram comedores de carne, tinham dentes afiados e andavam sobre duas pernas, embora os tiranossauros, em geral, fossem mais fortes", afirmou a professora.

A extinção dos carcarodontossauros, há cerca de 90 milhões de anos, permitiu que as espécies de tiranossauros assumissem o papel de predador na Ásia e na América do Norte.

Redação / IC