Pelo menos uma pessoa morreu, cinco ficaram feridas e 600 pessoas tiveram de ser retiradas do sudoeste de França devido aos ventos fortes que atingiram a região nos últimos dois dias, informaram as autoridades.

De acordo com a agência de notícias France-Presse (AFP), que cita autoridades locais, um condutor de 70 anos morreu depois do veículo em que seguia ter embatido contra uma árvore que estava caída no chão.

Além da vítima mortal, pelo menos cinco pessoas ficaram feridas devido à queda de árvores sobre os seus veículos.

Como medida de precaução, cerca de 600 pessoas em oito diferentes municípios tiveram de ser retiradas das suas casas.

O episódio de chuva e vento atingiu o seu pico no final da noite de quinta-feira na costa atlântica e no interior, com ventos de 143 quilómetros por hora registados em Millau (Aveyron, na região da Occitânia).

No auge do episódio, durante a noite de quinta-feira, 400.000 casas ficaram sem eletricidade, segundo a rede de distribuição de energia elétrica Enedis.

Um total de 23 departamentos no sudoeste, nos Alpes, na Córsega e no norte do país foram colocados na sexta-feira à noite em "alerta laranja", enquanto os Pirenéus Atlânticos estão em "alerta vermelho".

/ CE