«Na altura, a informação facultada pelo cidadão vietnamita não foi corelacionada com qualquer membro do serviço americano desaparecido», referiu a embaixada em comunicado citado pela AFP.