Vários utilizadores da rede social TikTok estão a partilhar uma onda de alertas sobre o possível perigo de violação no próximo dia 24 de abril. De acordo com essas pessoas, um vídeo de um grupo de seis homens que circula na internet pretende encorajar outros utilizadores a fazer da data o “Dia Internacional da Violação”.

As redes sociais já nos habituaram às centenas de desafios e de tendências que surgem de forma espontânea a toda a hora. Alguns acabam por propagar a consciência para um determinado problema, como foi o caso do Bucket Challenge. Outros apelam à inconsciência, como foi o caso do Tide Pod Challenge.

De acordo com o jornal espanhol El Mundo, as imagens do vídeo original já não estão disponíveis nas redes sociais, mas nele os protagonistas estariam a tentar difundir a ideia de que seria legal violar outra pessoa nesse dia, pelo que fazê-lo faria parte do desafio. A informação acabaria por ser amplamente partilhada em diversas redes sociais.

@joannalynneofficial

#april24 #notallmenbutenough

♬ original sound - Joanna Lynne

A tendência começou nos Estados Unidos da América, mas rapidamente se alastrou e chegou a outros países. A hashtag #april24th chegou mesmo a ter mais de 70 milhões de visualizações.

Alguns dos vídeos mais virais alertam para este macabro desafio, explicando que, apesar de muitas pessoas estarem a partilhar a tendência, muitos jovens poderão levar a mensagem a sério. Muitos criadores sublinham ainda o facto de ser impróprio fazer piadas sobre um tema tão sério e delicado como a violação, destacando a realidade e a gravidade do abuso sexual.

Mesmo que nem todos os homens o façam, alguns o farão e alguns já são muitos", afirma Joanna Lynne, uma das criadoras de conteúdos da plataforma que viu uma das suas publicações sobre o assunto tornar-se viral.

Redação