A Polícia Federal brasileira anunciou, esta segunda-feira, a detenção de um cidadão português de 55 anos em Pernambuco, por suspeitas de abusos sobre uma menor, sua enteada.

Na rede social Twitter, a Polícia Federal brasileira destacou esta segunda-feira que o cidadão português cuja identidade não foi revelada é natural de Lisboa, estava em fuga após suspeita de violar a enteada e foi detido por ordem judicial.

A localização e prisão do estrangeiro foi realizada pelo Núcleo de Cooperação Policial Internacional (Interpol) em Pernambuco.

Em comunicado, as autoridades brasileiras referiram que o homem foi capturado na praia de Gaibu-Cabo de Santo Agostinho, em Pernambuco, após ser alvo de um mandado de Prisão expedido pela 2.ª Vara Criminal da Comarca do Cabo de Santo Agostinho, no dia 7 de maio.

A localização e prisão do estrangeiro foi realizada pelos policias federais, com vistas a proceder a inclusão do seu nome na difusão vermelha, em virtude de ele encontrar-se foragido por vários meses e havendo a possibilidade de ainda encontrar-se residindo no Brasil”, destacou o comunicado da Polícia Federal brasileira.

Após a prisão, o cidadão português foi levado para a sede da Polícia Federal, onde foi sujeito a audiência judicial que confirmou a sua prisão preventiva.

O detido é suspeito do crime violação de vulnerável na forma agravada, por ser padrasto da vítima, com penas que variam de 5 a 20 anos de prisão no Brasil.

/ NM