Um homem de 84 anos, que tinha sofrido queimaduras nos incêndios na Austrália, morreu no sábado em Sidney, elevando para 29 o número de vítimas mortais dos fogos no país.

De acordo com a polícia australiana, o homem estava hospitalizado desde 31 de dezembro em consequência de queimaduras sofridas nos incêndios na localidade de Cobargo.

A chuva e a descida de temperaturas registadas nos últimos dias ajudaram os bombeiros a conter dezenas de focos ativos dos incêndios em Vitória e Nova Gales do Sul, o estado mais afetado pelos fogos e onde se registaram 21 mortos.

Desde que começaram, no passado mês de setembro, os incêndios na Austrália devastaram uma área de mais de oito milhões de hectares, o equivalente à área da Irlanda, e estima-se que tenham matado até mil milhões de animais selvagens.

/ BC