Quatro pessoas, incluindo duas crianças e dois rebeldes, morreram, este sábado, na sequência de confrontos entre o exército das Filipinas e rebeldes, na província de Camarines Norte, no nordeste do país, revelou este domingo o exército.

De acordo com o tenente-coronel Epimaco Macasilang, um pelotão foi destacado para uma remota vila na cidade de Labo, para verificar a presença de rebeldes, quando 15 guerrilheiros abriram fogo a partir de uma cabana e de uma colina situada nas imediações à medida que os soldados se foram aproximando do local, provocando um tiroteio.

O major Angelo Guzman afirmou que depois da retirada dos rebeldes, as tropas descobriram dois corpos de dois insurgentes, bem como de dois irmãos, de sete e dez anos, na cabana.
Redação / MM