O Presidente russo está de “perfeita saúde”, indicou esta terça-feira o Kremlin, depois de se saber que Vladimir Putin tinha estado em contacto com doentes com covid-19.

O Presidente está de perfeita saúde”, disse Dmitri Peskov, porta-voz da presidência russa.

Adiantou que Putin, que recebeu a segunda dose da vacina russa Sputnik V em abril, foi testado e que o resultado foi negativo.

Peskov disse aos jornalistas que o Presidente russo ficará em isolamento, não precisando durante quanto tempo. Garantiu, no entanto, que Putin continuará a trabalhar normalmente.

A covid-19 provocou pelo menos 4.627.854 mortes em todo o mundo, entre mais de 224,56 milhões de infeções pelo novo coronavírus registadas desde o início da pandemia, segundo o mais recente balanço da agência France-Presse.

A doença respiratória é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019 na China, e atualmente com variantes identificadas em países como o Reino Unido, Índia, África do Sul, Brasil ou Peru.

/ JGR