O Presidente russo, Vladimir Putin, classificou este sábado os exercícios militares realizados por Washington e pela NATO como um “desafio sério” para a Rússia, numa entrevista transmitida pela televisão estatal.

Os Estados Unidos e os seus aliados da NATO estão a realizar exercícios não previstos no mar Negro, não apenas com um grupo naval bastante poderoso, mas também com força aérea, incluindo aviação estratégica. É um desafio sério para nós”, referiu o Presidente da Rússia na entrevista à televisão estatal, disponível no 'site' do Kremlin, e citada pela agência France Presse (AFP).

Os Estados Unidos alertaram esta semana para as movimentações das tropas russas perto da Ucrânia, tendo alertado Moscovo contra uma invasão.

Estamos muito preocupados com algumas movimentações incomuns de tropas que estamos a observar junto à fronteira a Ucrânia”, referiu esta sexta-feira o secretário e Estados norte-americano, Antony Blinken.

No mesmo dia, a União Europeia também expressou a sua preocupação com as movimentações de militares russos, tendo o porta-voz da diplomacia europeia adiantado que os 27 Estados-membros da UE estavam a discutir o assunto com os Estados Unidos e o Reino Unido.

Ucrânia está em conflito com os separatistas pró-russos no leste do seu território desde 2014, depois a anexação da Crimeia pela Rússia.

/ CE