A companhia aérea britânica British Airways (BA) cancelou os voos previstos para descolar este sábado dos aeroportos londrinos de Heathrow e Gatwick. Em causa está uma falha informática que está a "causar graves alterações".

Inicialmente, a transportadora tinha cancelado os voos previstos para descolar destes dois aeroportos antes das 17:00. No entanto, num novo comunicado, a companhia anunciou o cancelamento de todos os voos que estavam agendados para este sábado a partir de Heathrow e Gatwick.

Segundo a British Airways, houve uma "importante falha do sistema informático" que causou "graves alterações" nos voos da companhia a nível mundial.

A companhia afastou a possibilidade de na origem da mesma estar um ataque externo. Um responsável da empresa britânica disse que a falha deveu-se a um “problema com o fornecimento elétrico”.

Através de uma gravação em vídeo a partir do centro de operações de Heathrow, o conselheiro delegado da BA, o espanhol Alex Cruz, nega que o erro tenha sido motivado por um ciberataque, antes de pedir desculpa aos clientes e prometer “apressar os reembolsos”.

Voos de regresso a Londres, de outros aeroportos da Europa e dos Estados Unidos, sofreram atrasos, alguns de várias horas.

Segundo o site da ANA - Aeroportos de Portugal, a situação levou ao cancelamento de pelo menos quatro voos no aeroporto de Faro, dois provenientes e dois com destino a Gatwick, Londres.

Em Lisboa, foi ainda cancelado um voo com destino a outro aeroporto de Londres, o de Heathrow, que deveria ter partido às 18:50, e foi anulada a partida de um avião da companhia desde o mesmo aeroporto, que deveria ter aterrado na capital portuguesa pelas 18:05.

De acordo com o serviço de informações da ANA no aeroporto de Faro, contactado pela agência Lusa, neste aeroporto apenas duas partidas e duas chegadas da BA foram canceladas até ao início da noite, apesar de se admitir que mais dois voos programados (uma chegada e uma partida) também não se concretizem.