O presidente do Governo espanhol, Pedro Sánchez, anunciou este domingo um plano de ajuda de 200 milhões de euros para os afetados pela erupção do vulcão Cumbre Vieja, na ilha de La Palma.

Segundo a agência de notícias espanhola EFE, Sánchez disse, em La Palma, tratar-se de um plano “muito forte” e que será aprovado como decreto real no Conselho de Ministros, que se realiza na terça-feira.

Essas ajudas somam-se aos 10,5 milhões de euros para moradias e bens básicos aprovados pelo executivo na semana passada.

O anúncio de mais esta ajuda foi feito durante o regresso a La Palma, onde Pedro Sánchez pretende visitar durante este domingo aqueles que se encontram temporariamente alojados num hotel em Fuencaliente, no sul da ilha.

O vulcão Cumbre Vieja situa-se na ilha de La Palma, uma das que integram o arquipélago espanhol das Canárias, situado no oceano Atlântico, a oeste da costa de Marrocos.

A erupção do vulcão começou em 19 de setembro e obrigou mais de 6.000 pessoas a abandonarem as suas casas.

Até ao momento, não se registaram feridos ou mortos.

A lava destruiu 656 edifícios e cobriu 268 hectares na ilha, de acordo com o sistema de medição geoespacial Copernicus da União Europeia.

Agência Lusa / NM