A Praça de Touros do Campo Pequeno encheu-se para assistir aos 30 anos de alternativa de Paulo Caetano, um dos mais importantes cavaleiros tauromáquicos de Portugal. Além de centenas de aficionados, o cavaleiro contou com a presença da família e de muitos amigos.

Homenageado por Joaquim Bastinhas, que ao lado de Paulo Caetano protagonizou os melhores momentos da noite, o cavaleiro não escondeu a emoção.

«Estavam aqui pessoas que ao longo da minha carreira se cruzaram comigo. Foi uma prova de solidariedade e de amizade. Hoje em dia, apareço em ocasiões especiais e confesso que gosto desta versão da minha carreira. Não tenho saudades de ter 50 ou 60 corridas por ano», confessa Paulo Caetano, que em breve vai lançar o seu segundo livro, «Trinta Anos a Cavalo».

Na arena, Paulo Caetano partilhou o espectáculo com o filho, João Moura Caetano, de 26 anos, que, tal como a filha, Maria, cedo começou a seguir as suas pisadas: «É um orgulho e uma alegria muito grande saber que ele escolheu a minha profissão. Como pai é sempre uma preocupação porque esta é uma vida que envolve riscos.»