A festa inaugural, que teve como atracção principal a norte-americana Diana Ross, incluiu um jantar para 2.500 pessoas, em que também estiveram presentes o chefe do executivo de Macau, Edmund Ho, e o magnata dos casino locais, Stanley Ho, este último acompanhado pela filha Pansy e o filho Lawrence, ambos subconcessionários de licenças de jogo em Macau.

De acordo com a agência «Lusa», durante o dia de abertura, além das pessoas que procuram as novas mesas de jogo do território, muita gente passeou pelo centro comercial do The Venetian, repleto de lojas de conhecidas marcas internacionais e de uma réplica dos canais de Veneza, com 51 gôndolas a navegar.

Construído nos aterros do COTAI, entre as ilhas da Taipa e de Coloane, The Venetian ocupa uma área coberta de 976 mil metros quadrados-cerca de 150 campos de futebol-que o torna o maior edifício da Ásia ou o segundo maior do mundo.

O novo complexo turístico dispõe de 3 mil quartos, cerca de 350 lojas, restaurantes, zonas de convenções e exposições, pavilhão polivalente e um teatro de 1.800 lugares, com uma companhia residente do Cirque du Soleil.

Com um investimento inicial de cerca de 1.800 milhões de euros, o projecto completo da americana Las Vegas Sands, que integra 14 hotéis e outros tantos casinos e zonas de lazer, vai obrigar a um investimento de 9 mil milhões de euros e deverá estar concluído no ano 2010.