O treinador do Benfica, Jorge Jesus, em declarações na conferência de imprensa após a vitória frente ao Marítimo (1-0), em jogo da 25.ª jornada da Liga:

«Falando primeiro do jogo, foi um jogo difícil: tivemos várias oportunidades para fazer o 2-0, que não deixaria a equipa tão intranquila como ficou nos últimos dez minutos. O Marítimo acreditou. Tivemos as nossas oportunidades, Seferovic e Otamendi, mas também é verdade que o Marítimo podia ter feito o 1-1. Colocámo-nos a jeito para que isso acontecesse. Felizmente ganhámos. Com a paragem perdemos competitividade, mas ganhámos tempo para trabalhar algumas ideias. O importante era a vitória e conseguimos isso, sem sofrer golos.

[Que outros sonhos tem além de ser o treinador com mais jogos na Liga] Voltar a ser campeão. É o principal objetivo dos três grandes. Quando cheguei ao Benfica ser campeão para mim era o máximo, agora já é curto. Vamos trabalhar para melhorar, ainda temos a Taça e o campeonato. Se o primeiro classificado [Sporting] perder pontos dá mais a sensação de que ainda podemos chegar lá. Hoje os meus sonhos passam por muito mais coisas do que quando cheguei ao Benfica.»

Rafael Vaz / Estádio da Luz, Lisboa